terça-feira, 7 de junho de 2016

AS VANTAGENS DA CAMINHADA

E aí, Corredor?!

Nos últimos dias, tenho recorrido à caminhada para manter a atividade aeróbica em dia. 

Claro que, como corredor, não é fácil resistir a aumentar o ritmo e sair acelerando. Mas tenho tentando conter meu entusiasmo, para benefício próprio. Por que não estou correndo? Bem, uma precaução apenas, para acelerar um tratamento que estou realizando no meu "famoso" esporão.

Aí fiquei naquela: "será que caminhar dá algum resultado?". E lá fui eu fazer uma pesquisa na internet. E veja quanta coisa maneira:

A caminhada é uma das principais portas para quem deseja aderir atividades físicas à rotina. Simples, acessível a todos e praticável a qualquer hora do dia, além de ser muito fácil de praticar.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o recomendável é sua prática por 30 minutos ao dia. Isso já garante resultados rápidos e perceptíveis, tanto para a saúde como para o aspecto físico – melhora a respiração e a circulação sanguínea, diminui o colesterol, fortalece o músculo, entre outros benefícios.

Veja alguns benefícios da prática regular da caminhada: 

  • Emagrecimento - A caminhada, aliada a uma boa alimentação, pode ajudar a emagrecer, já que é um exercício aeróbio. Queima calorias e acelera o metabolismo. Um estudo inglês também provou que caminhar diminui a vontade de comer doces e outros alimentos altamente calóricos.
  • Controle do colesterol e diabetes - A caminhada propicia um melhor condicionamento cardiovascular e pode ajudar a reduzir as taxas do "mau" colesterol (LDL e o VLDL). Além disso, pode reduzir os níveis de glicose e melhorar a ação da insulina no corpo. Isto acontece pois a atividade do pâncreas e do fígado são estimuladas durante a caminhada devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos.
  • Combate a osteoporose - O impacto que os pés têm com o chão durante a caminhada faz com que os ossos sejam beneficiados. A compressão dos ossos da perna, junto com a movimentação de todo o esqueleto enquanto se caminha faz com que exista mais estímulos elétricos nos ossos do corpo, chamados de piezelétrico.  Esse estímulo facilita a absorção de cálcio deixando os ossos mais resistentes e menos propícios a sofrerem com osteoporose.
  • Fortalecimento dos músculos - Fortalece principalmente os músculos dos membros inferiores e isso pode contribuir, inclusivamente, a ter uma postura melhor, corrigindo aqueles vícios de má postura e sendo vital para quem sente dores na coluna.
  • Melhora a respiração - A caminhada contribui para estimular os pulmões e isso, juntamente com outros benefícios, melhora o condicionamento físico e consequentemente, melhora a respiração, já que oxigena as células do corpo. As trocas gasosas ficam mais poderosas quando caminhamos com frequência.  Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de poeiras e outros agentes.
  • Melhora a condução do sangue - A caminhada contribui para o controlo da hipertensão arterial e também para diminuição do risco de varizes. Um estudo da USP de Ribeirão Preto detetou que caminhar durante 40 minutos diminui a pressão arterial durante 24 horas após o exercício. Isso acontece pois durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão. Além disso, a caminhada faz com que a as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina e a oxigenação do corpo.

Para fazer efeito, a caminhada não deve ser muito lenta, nem deve virar corrida. O ideal para se emagrecer, melhorar a resistência e fortalecer os músculos é um passo rápido e ritmado. Segundo os especialistas, andar em ritmo acelerado traz mais resultados, e em menos tempo, do que caminhar em ritmo normal.

Na caminhada acelerada, você deve andar a uma velocidade média de 6 a 8 km/h - Para andar a 6 km/h, você tem que percorrer 1 km, em 10 minutos. Para andar a 8 km/h, você tem que percorrer 1 km, em 7 minutos. 

Calcule a sua frequência cardíaca, para evitar problemas de saúde e a atividade fazer efeito. Na caminhada acelerada, você precisa andar a 85% da sua frequência cardíaca máxima (FCM).  


Uma coisa importante para se lembrar, é que cada indivíduo tem seu próprio ritmo e seus próprios limites. O melhor é começar devagar, sem exageros, apertando o passo aos poucos à medida que estiver se sentindo bem. 

No mais, a conclusão desta pesquisa é que caminhar é MUITO BOM. Feito de maneira regular e com respeito aos limites, traz tantos benefícios quantos exercícios mais intensos, como a corrida. O importante é não ficar parado! 

Boas passadas!



2 comentários:

ivana. disse...

Sabe, amigo, quando eu comecei a reeducação alimentar eu comecei a caminhar, diariamente ... em um mês eu já percebia a diferença, do quanto a caminhada estava me ajudando. Caminhar é ótimo, podemos ir escutando uma música ou mesmo, somente ouvindo os sons da natureza. Boa postagem

Caique (Carlos Henrique) disse...

Oi Ivana
Pois é. A caminhada é uma forma de se manter na ativa quando uma lesão não te deixa correr. É preciso muito determinação, principalmente para nós corredores, por que dá logo vontade de correr. Mas é só focar e saber que é por um momento. E é ótimo para tudo isso que você falou (ouvir música, escutar os sons da natureza) e até colocar o papo em dia quando caminhamos acompanhados. Sempre sem esquecer que é uma caminhada com ritmo forte né. Abraços e valeu pela visita!