Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

PARQUE DA CIDADE DE BRASÍLIA ABANDONADO

E aí, corredor?!

São 4,2 milhões de metros quadrados localizados no coração de Brasília, que além de uma extensa área verde, possui quadras polivalentes, quadras de areia para a prática de vôlei e futebol, além do frescobol que uma galera faz aos domingos, preferencialmente. Tem ainda uma extensa pista interna, de quase 10 km, que dá a volta pelo local, onde todo dia é possível encontrar corredores, ciclistas, patinadores. Ainda existem locais para malhação, tanto para jovens como para adultos.

Quer mais? Dois parques de diversão animam o pessoal, a Nicolândia e o Parque Ana Lídia. Banheiros em vários pontos, vestiário onde se pode guardar os pertences em armários (basta levar o cadeado) e tomar um banho, duchas, bebedouros, lanchonetes, restaurantes.

Este local é o Parque da Cidade Sara Kubitschek, ou apenas Parque da Cidade como todo mundo que mora aqui chama. Um local público e gratuito que, pela sua extensão, é maior até do que o famoso Central Park de Nova York/EUA.

A grande diferença porém é que, apesar de toda essas maravilhas, o Parque está abandonado. Para a maioria dos frequentadores pode até não parecer, mas os dois últimos governos estaduais (GDF) simplesmente deram as costas para o local. Os banheiros são mantidos à duras penas pelos funcionários, a segurança está deficiente pois o contrato acabou e não foi renovado, as placas de sinalização são concertadas, quando dá, pelo DETRAN, em auxílio ao pessoal que administra o Parque. 

E tem mais: os restaurantes já tem licitações vencidas há mais de 2 anos e são pouco atraentes, e as lanchonetes muito mais. E ainda temos a Piscina de Ondas, grande atrativo na inauguração do Parque, desativada e servindo de criadouro para mosquitos e outros insetos, praças em mau estado de conservação, locais como o Parque Burler Marx abandonados, o lago do pedalinho ao descaso. E o GDF nada.


Pelo contrário. O pouco dinheiro arrecadado com os restaurantes e bares que lá existem, cerca de R$ 10 mil reais, que daria até para fazer alguma coisa, vai para os cofres do Governo e pronto. Nada de investir no próprio parque.

Daí, quando a gente que passa por lá vê postes à noite apagados e oferecendo risco para nossa segurança, ou a porta de muitos dos vários banheiros fechadas por que estão desativados, ou quando não vemos placas sinalizando a distância percorrida, não dá para reclamar, a não ser que façamos isso diretamente com o GDF, para dar mais atenção a esse "oásis" da cidade.

E vale muito à pena lutarmos pela conservação do Parque da Cidade. Além dos vários atrativos já mencionados, é uma excelente área de lazer e para prática de esportes, existe também o lado histórico. Inaugurado em 11 de janeiro de 1978, teve na sua concepção o arquiteto Oscar Niemeyer, o paisagista Roberto Burle Marx e o azulejista Athos Bulcão. Inclusive, o local é tombado junto com toda a cidade.

Se não dá para transformá-lo em um Central Park, que é o que ele merece, pelo menos que tenhamos mais carinho por ele. Uma das formas seria, por exemplo, ele ser mais utilizado para provas de corrida de rua. Poucas acontecem lá. Ou eventos culturais, como shows gratuitos.

Vejam o que o Parque da Cidade oferece:
  • 4,2 milhões de metros quadrados de área
  • Paisagismo feito por Roberto Burle Marx
  • Desenhado por Oscar Niemeyer
  • Nos banheiros, azulejos de Athos Bulcão
  • 74 churrasqueiras
  • 26 quadras poliesportivas (5 de tênis)
  • 16 estações com banheiros
  • 13 estacionamentos
  • 7 campos de futebol
  • 5 campos de futevôlei
  • 4 pontos de alongamento
  • 1 pista para corrida, bicicleta, patins de quase 10k de distância, com várias possibilidades de percurso
  • 3 restaurantes
  • 2 vestiários
  • 2 pistas de aeromodelismo
  • 2 pistas de kart (uma desativada - a gratuita)
  • 1 lago
  • 1 ponto de aparelhos para ginástica para 3ª idade
  • 1 pavilhão de eventos
  • Bares e restaurantes
Vamos defender o nosso Parque da Cidade e . . .

Boas passadas.

Um comentário:

Anônimo disse...

com certeza esse é um local de bsb que merece todo carinho nao só da comunidade como do "governo",que na verdade governo pra nos eleitores so existe quando é tempo de eleiçao!gostava muito de ir no parque andar de patins mas agora fico meio inseguro de ir la por causa do abandono citado acima!!