domingo, 5 de julho de 2015

QUE VENHAM OS JOGOS PAN AMERICANO DE 2015

E aí, Corredor?!

Depois de um ano de 2014 que ficou marcado, no esporte brasileiro, pela vergonhosa derrota de nossa Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo do Brasil, terminando sua participação com um vexaminoso 7 X 1 sofrido diante da Alemanha, entramos o ano de 2015 parecendo reviver os mesmos momentos. 

Nosso futebol novamente nos causa vergonha e percebemos que não somos mais o país deste esporte, a paixão nacional. Nossos milionários jogadores não sabem mais o quanto é honroso e importante defender as cores de nossa bandeira nos gramados, parecendo jogar apenas por um contrato mais milionário ainda. Parece não importar mais defender nossas cores e nossa honra nos gramados. E, no torneio continental, a Copa América, caímos diante de uma fraca Seleção Paraguaia, nos penaltis. Triste.

Mas ainda bem que, diferente do ano passado, este ano ainda podemos lavar a alma no esporte em outras modalidades. À partir de sexta-feira têm início os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. o Brasil terá uma delegação recorde no evento, que é preparatório para as Olimpíadas do Rio de 2016. Serão cerca de 600 atletas. 

A meta do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) em Toronto é colocar o Time Brasil entre os três principais países no quadro total de medalhas das modalidades olímpicas e superar o número de pódios de Guadalajara 2011 (141 medalhas, sendo 48 de ouro, 35 de prata e 58 de bronze). 

Temos boas chances: em todas as categorias do Vôlei (quadra e praia, masculino e feminino), temos Arthur Zanetti na Ginástica Artística (argolas) e a própria equipe brasileira na modalidade. Ainda podemos conseguir medalha no handebol feminino, polo aquático masculino, ciclismo.

No atletismo, levamos para o Canadá nossa maior equipe para a modalidade em um Pan-Americano. Serão 88 atletas, 47 no masculino e 41 no feminino. As competições serão realizadas de 18 a 25 de julho. Nosso principal nome continua sendo Fabiana Murer, no salto com vara (duas vezes campeã mundial indoor da modalidade e uma das líderes do ranking mundial em 2015). Outro nome é Thiago Braz, também no salto com vara, que conquistou uma liga diamante da modalidade este ano.

A expectativa é grande para os atletas brasileiros. A certeza mesmo é que, com certeza, cada um dos atletas que empunhará o uniforme de nossa seleção nos jogos o fará com honra e garra, lutando pelo melhor resultado possível, mesmo não sendo favorito em muitas das modalidades. Ao contrário de outros de esporte mais milionários, que parecem jogar apenas para assinar um bom contrato em um time da Europa.s

Este ano, a exclusividade da transmissão na TV aberta dos jogos é da Rede Record e, entre os TVs por assinatura, a SporTV.

Vamos torcer!!! Aqui vale a pena a gente acompanhar.

Boas passadas!!!

3 comentários:

Mari disse...

Olá! Vi seu blogue, parabéns.
Gostaria de saber qual melhor forma de correr na areia?
Descalça mesmo?
Ou aquele tênis dos dedinhos?
Obrigada.

Mari disse...

Em tempo,parabéns porque seu blogue me parece ser de uma pessoa idealista e não tem propagandas, o que é melhor! Elas atrapalham a visualização. Em geral, são ruins e violam nossos ideais.

Caique (Carlos Henrique) disse...

Olá Mari. Obrigado pelos elogios e me desculpe pela demora na reposta. Escrevo mesmo pela vontade de dividir minhas experiências na corrida e pela paixão pelo esporte. E falando em experiência, posso dizer que já corri na areia - de praia - de tênis, descalço, com um calçado minimalista - tipo fivefinghers. Acho que tudo depende do terreno. Se for uma areia dura, corro de tênis mesmo ou com o minimalista. Se for areia fofa, prefiro correr descalço, mas tem gente que corre com o minimalista ou até de meia.
Enfim, esta é uma opinião de quem corre. Sugiro que você consulte um fisioterapeuta que pode dar opiniões baseadas em conhecimento científico.
Boas passadas.