terça-feira, 3 de dezembro de 2013

ALIMENTOS PARA CORREDOR

E aí, Corredor?!

A pesquisa nos sites da internet específicos sobre o nosso mundo da corrida geralmente traz surpresas interessantes. Volta e meia me deparo com matérias que muito podem nos ajudar.

No site da O2, que possui também uma revista especializada em corrida de rua, saiu uma matéria interessante sobre alimentos que ajudam muito a quem corre.

Abaixo, apenas alguns dos 12 itens listados pela matéria, que destaco como os mais interessantes:
Aveia – rica em nutrientes e altamente energética. Além de ser predominante em carboidratos, possui elevada concentração de vitaminas do complexo B, que ajudam a melhorar a produção de energia na corrida.
Batata-doce – reúne dois importantes aliados para a corrida: uma variada fonte de antioxidantes (betacaroteno, vitamina C e vitamina E) e um alto teor de carboidratos. Portanto, além de ser fonte de energia para o trabalho muscular, aumenta as defesas do corpo e ajuda a prevenir lesões.
Brócolis – excelente fonte de vitamina C e folato, em especial. Se você comê-lo frequentemente terá menos chances de apresentar deficiência nutricional.
Cebola – excelente fonte de magnésio, é considerada um dos melhores alimentos do mundo. A principal responsável por sua fama é a quercetina. Rica em magnésio, apresenta um trabalho competente contra os radicais livres, o colesterol ruim (LDL) e funciona como anti-inflamatório.
Iogurte – rico em proteínas, que auxiliam a recuperação muscular; em cálcio, que contribui para a saúde óssea e a contração muscular, e em lactobacilos, que fortalecem o sistema imunológico e ajudam a manter o bom funcionamento do intestino.
Pimentão vermelho – oferece um coquetel de substâncias antioxidantes e baixo valor calórico. Além de apresentar quantidades consideráveis de betacaroteno e vitamina E, é rico em betacriptoxantina.
Quinoa – sua importância para os corredores reside na invejável combinação de aminoácidos, superior à dos outros cereais. Os vegetarianos podem se beneficiar desse diferencial, já que os aminoácidos são menos frequentes entre os alimentos de origem vegetal.
Salmão – excelente fonte de proteínas e ômega-3. Por isso, é um dos melhores alimentos para a recuperação muscular, ajudando a reparar os danos provocados pelo exercício nas fibras musculares e agindo como anti-inflamatório.
Semente de linhaça – as principais propriedades desse alimento estão apoiadas no elevado efeito anti-inflamatório, na defesa imunológica e na lignana, que desempenha papel antioxidante.

Fonte: Site O2 Por minuto

2 comentários:

Sérgio disse...

Acredito que uma boa alimentação é o principal elemento para uma boa performance, por isso se informe sobre os melhores!!!!

Caique (Carlos Henrique) disse...

Isso aí, Sérgio! Ninguém melhor que você para orientar a gente, grande amigo.