segunda-feira, 17 de setembro de 2012

ADIDAS REALIZA SUA ETAPA DA PRIMAVERA EM BRASÍLIA

Mar azul encarando os 10k



E aí, Corredor?!

Neste domingo ocorreu a 3ª etapa do Circuito das Estações Adidas em Brasília. Depois do sucesso das etapas do outono e do inverno foi a vez da primavera ser lembrada pelos corredores. Uma primavera seca, quente e muito abafada que têm sido constante na capital federal.

O percurso voltou para a Esplanada dos Ministérios. A etapa do inverno, por necessidade com o governo local, foi realizada no Eixo Monumental, partindo do estacionamento da Torre de TV e indo sentido Rodoferroviária até o fina da grande avenida para voltar até o estacionamento da Torre afim de finalizar a prova.

Mas a etapa da primavera trouxe de volta o desafiante percurso da Esplanada, palco de muitas corridas em Brasília e que sempre reserva surpresas. Não é um percurso simples, já que são 5k de uma subida constante e intensa.

E mesmo com toda esta dificuldade é cada vez maior o número de interessados em correr o Circuito Adidas. Pudera, a organização quase impecável e o belo kit atraem a galera corredora. E muita gente bonita circula pelo espaço do evento, trazidas pelas inúmeras assessorias de corrida. Claro que muita gente não vem pelas assessorias, mas pelo prazer de poder correr. Outro atrativo é a vontade de completar a mandala, formada com a junção das 4 medalhas conquistadas a cada etapa.

Acredito que bem mais de 6 mil pessoas estavam na Esplanada no domingo, e a grande maioria com a camisa do evento. Um mar azul, a cor da etapa, tomou conta da larga avenida, e muita gente resolveu fazer os 10k ao invés de 5 km.

Eu corri na "pipoca", 10 km, e, por isso mesmo, resolvi curtir a prova de maneira diferente, sem me preocupar demais em terminar o percurso e fazer tudo como manda o figurino. Cheguei na hora da largada, parei para tirar fotos em vários pontos e corri curtindo mais do que concentrado com as passadas. Parei tanto que meu tempo foi pouco acima dos 49min.

Mas, mesmo correndo "de boa" não foi fácil completar a prova. Grande parte disso se deve, sem dúvida nenhuma, ao clima do dia. Mesmo a largada ter sido dada às 8h, o calor já era bem grande e a subida, que já é um desafio, tornou-se ainda mais complicada.

Para aguentar o calor e melhorar a sensação de falta de ar, por que a secura e a altitude dificultam o exercício da respiração, eu me enxarquei de água, me molhando bastante a partir do segundo posto de água, tudo para melhorar o incômodo com o calor e a secura.

Daí sobressaiu a boa organização da prova. Para quem fez 10k, tivemos 4 postos de hidratação, um a cada 2,5 km. E em nenhum ponto faltava água para beber ou se molhar.

Mas uma boa prova organizada pela Adidas, que a cada etapa vai conquistando mais fãs. Apesar do preço elevado, a gente fica mais satisfeito de ter gasto o valor pela boa organização.

E ainda falta uma etapa, a do verão, que acontecerá em dezembro, tudo para completar a desejada mandala.

Boas passadas.

3 comentários:

Luiz Souza disse...

As provas da Adidas são realmenet muito boas Caíque.
Aquei em Curitiba, para ficar perfeito, só precisavam mudar o lugar da largada/chegada. É muito estreita e em curva e tem uns 100 de saibro.
Parabéns pela corrida!

Danilo Confessor disse...

Olá Caique,

Mesmo parando você fez a prova em 49mim, que beleza heim. Eu também participei dessa prova. Achei muito boa. Apesar de ter cometido alguns erros, fiz meu melhor tempo em provas de 10k. Se bem que ontem, conversando com alguns amigos, confirmei que faltavam uns 100mts, no percurso.

Parabéns pela corrida. E aí você vai nas 10 milhas da Mizuno?

Estou treinando atualmente para ela.

Abraços,

Danilo Confessor
Blog Confissões de um Confessor

Caique (Carlos Henrique) disse...

E aí, Corredores Luiz e Danilo
Grandes amigos das pistas. A prova da Adidas é quase impecável realmente. Alguns detalhes escapam, mas nada que desabone a qualidade da prova, que para mim é uma das melhores da cidade.

Os 49min foram um bom tempo sim, Danilo mas, como você mencionou, me parece que faltaram alguns metros para os 10k. Enfim, oficialmente fizemos a distância. Mas é uma prova bem difícil na cidade por que a volta com quase 5k de subida é punk, parceiro.

Estarei nas 10 milhas, desta vez sem "pipoca". Quero pegar essa medalha.

Grande abraço e boas passadas.