quarta-feira, 25 de julho de 2012

A CORRIDA NOS JOGOS OLÍMPICOS DE LONDRES

E aí, Corredor?!

No dia 27 de julho próximo acontece no Estádio Olímpico de Londres a abertura do maior evento esportivo do planeta, as Olimpíadas.

Entre as modalidades olímpicas, o atletismo é a mas antiga. Foi o esporte que inaugurou os jogos da Grécia antiga, em 776 a.c., e segue sendo um dos mais importantes do evento, até por que é uma das modalidades que mais tem medalhas a disputar.

A grande força mundial é os Estados Unidos, mas na atualidade, a grande equipe é a da Jamaica, que tem o maior ídolo do esporte, Usain Bolt, recordista mundial dos 100m e 200m.

O Brasil já teve 6 medalhas conquistadas em jogos olímpicos na corrida: um ouro de Joaquim Cruz nos 800m, duas pratas, novamente com Joaquim Cruz nos 800m e com o revezamento 4X100m, e 3 bronzes com Robson Caetano, o 4X100m masculino e a Maratona, com Vanderlei Cordeiro de Lima, que era para ser ouro não fosse o escocês. O atletismo, considerando as outras modalidades, já ganhou um total de 14 medalhas nos jogos, superada apenas pelo Judô, Vela e Vôlei.

Este ano, o atletismo brasileiro vai estar presente em 16 modalidades, um feito já que conseguir o índice olímpico não é uma tarefa das mais fáceis.

Nossos maiores chances de medalha estão na Maratona, com Marilson dos Santos, que em 2011 foi o melhor "não africano" no ranking mundial e já fez 2h06 na prova. Seu tempo de classificação foi de 2h08.

Outra chance está com Fabiana Murer no salto com vara. Com dois títulos mundiais no currículo, Fabiana entra como favorita na modalidade, e pode até ganhar o ouro, cujo favoritismo e da russa Yelena Isinbayeva.

Maurren Maggi vai defender o seu ouro no salto em distância, mas este ano suas chances não são grandes. Ela acabou de sair de uma contusão, mas retornou às competições em bom nível, tendo a terceira melhor marca do ano, conquistada no GP de São Paulo (6,85m). Mas foram muitas contusões e cirurgias, que podem comprometer o seu desempenho.

Outra chance de medalha está nos 4X100m feminino, com a equipe formada por Rosângela Santos, Ana Claudia Lemos, Franciela Krasucki (ou Evelyn dos Santos) e Vanda Gomes. A prova promete já que os tempos do ano entre as equipes favoritas estão muito próximos.

O atletismo começa sua participação em Londres no dia 03 de agosto e termina no último dia dos jogos, 12, com a Maratona, a prova mais nobre da competição. As chances não são grandes, mas é preciso torcer. Record, na rede aberta, e ESPN e Sportv, no canal fechado, transmitem os jogos.

Boas passadas.

2 comentários:

Luiz Souza disse...

Estou na torcida pelo Brasil e por recordes!
Quem sabe não pinta uma surpresa?

Caique (Carlos Henrique) disse...

É isso, Luiz.

Temos boas chances no atletismo. Acho que podemos ter resultados interessantes com a Fabiana Murer, Maurren Maggi, Marilson, Revezamento 4X100 feminino e masculino. Temos que torcer.

Já beliscamos um ouro com o judô. O vôlei de praia tá indo bem. Vamos ver.

Abraço e boas passadas.