terça-feira, 14 de agosto de 2012

BRASIL SAÚDA AS OLIMPÍADAS

E aí, Corredor?!

A primeira exaltação brasileira às Olimpíadas. Uma clipe com vários cantores está rolando na rede, e já está causando alvoroço. Opiniões mil. Contrárias e favoráveis ao clipe, e, no caso das contrárias, fazendo julgamentos que vão do racismo ao bairrismo.

No clipe, uma trilha em ritmo de samba pop (acho que é por aí) é cantado por vários artistas cariocas. Temos a velha guarda da portela, Zeca Pagodinho, Almir Guineto, Pedro Luís, Martinália, Diogo Nogueira, Mister Catra entre tantos outros, além de artistas como Fernanda Montenegro, Rodrigo Santoro, Regina Casé, Carolina Dickman e vai por aí.

E o principal: imagens do Rio de Janeiro, uma das cidades mais belas do mundo cuja beleza natural foi tombada pela ONU como patrimônio da humanidade. Praias, ruas e favelas fazem parte do roteiro.

O clipe tem o título de "Os deuses do Olimpo visitam o Rio de Janeiro" tem uma letra muito carioca também. Bem-humorada e cheia de ritmo na sua trilha sonora.

Lembremos, meus amigos: a olimpíada é do Brasil, mas acontecerá no Rio de Janeiro. Por isso, cantores e compositores cariocas com cenas da cidade. Não tem nada a ver, para mim, mostrar outras cidades do país, já que elas não farão parte do roteiro olímpico. É Rio e pronto.

E, acredito, é a primeira saudação do país à chegada dos jogos em terras tupiniquins. Não creio ser este o hino para as olímpiadas. Apenas uma primeira lembrança que seremos a nova sede.

Confira e opine, se quiser. É só comentar, clicando logo abaixo em "Comentário".



Boas passadas.

2 comentários:

Luiz Souza disse...

Olá Caíque, concordo que a Olimpíada é do Rio e que enfoque deve ser as coisas, cultura e beleza da cidade.
Mas tem umas coisas nada a ver. Carolina Dickman de passista? Um povo que não sabe nem escrever a palavra esporte?
A ideia em si gostei, apenas a execução deixou um pouco a desejar.
Abraços

Caique Responde disse...

E aí, Luiz.

Com certeza alguns detalhes são meio forçadas, apesar de Carolina Dickman ser passista e desfilar no carnaval, acho que uma mulata teria mais representatividade.

Valeu, Luiz. E Boas passadas.