segunda-feira, 3 de outubro de 2011

QUANDO CORRER É MAIS QUE UM ESPORTE

E aí, Corredor?!

Conversando com os amigos corredores, em uma festa de casamento de um deles, a gente falava de como a corrida de rua se torna viciante. A gente percebe em algumas atitudes como, por exemplo, quando nos preocupamos mais com a prova que nos inscrevemos no dia seguinte do que com o evento que estamos participando, de maneira inconsciente mesmo.

Correr é algo gratificante. Vários são os motivos que me levam a ter esta conclusão. A busca da saúde, física e mental, a socialização, sentir-se diferente no meio da mesmice do mundo, sentir-se vivo.

Passamos por momentos de desmotivação e talvez são neles em que somos mais provados, mais inclinados a resistir contra tudo que nos leva a não querer ou não poder praticar o esporte. E passar desta fase é ter e certeza que aquele esporte é para sempre.

Achei este comercial na YouTube. Mais um de outros tantos que já publiquei no E AÍ CORREDOR. Mas é mais ou menos isso. Com o perdão da "licença poética" do comercial, ou exagero, correr e estar "viciado" em correr é mais ou menos isso.


Boas passadas.

2 comentários:

Fábio disse...

De vez em quando sinto vontade de não treinar..., mas como sou teimosom saio mesmo assim e depois a coisa vai fluíndo...

Abs

Fábio
www.42afrente@blogspot.com

P>S> Agora sou um novo seguidor seu...

Caique disse...

Fala Fábio ! ! !

A verdade é que, depois que a gente "vicia" de verdade, nada tira a nossa vontade de correr mais e mais. E a gente inventa objetivos novos, mesmo quando j´å fez quase tudo.

Valeu por seguir e já estou indo para a sua página também.

Grande abraço e Boas passadas.